domingo, maio 01, 2011



Os problemas da vida são diversos e constantes. E ninguém se estabiliza com seus problemas, e quase sempre pensam que a vida do próximo, é bem melhor do que a sua. Mas não imaginam o que eles devem passar. A minha família tem problemas, como qualquer outra família. Tem membros que estão sofrendo com separações, outros alcoólatras, outros até que se afogam com drogas. Isso é normal, faz parti da vida. Sei que ainda sou uma semente em meio a tantas árvores, mas já sei bem o que quero, de onde venho, e para onde vou – não tenho certeza, mais já faço idéia -. Sei também que a cada vez que cresço, aumenta minhas responsabilidades, aumenta meus problemas. É, eu já sei disso. Os problemas de hoje, não são nada comparados, há tempos atrás, quando um simples ferimento cicatriza bem mais rápido, e que só significava uma aventura da minha infância, traquinagens da época. Já hoje, eu tenho que me recuperar só, sem ajuda dos meus pais, por sentimentos que doeem e duram muito mais tempos dentro do meu coração, para irem embora. E sei que daqui a uns anos, vou ter ao meu lado um homem – que julgo ser o amor da minha vida -, e junto a ele, vou formar outra família, que também terá problemas, não tão graves como os de hoje. E então é simples assim: a gente evolui, mais os problemas vão junto. Mas tudo tem soluções, algumas são repentinas, outras são mais duradouras, parecendo não ter fim - mas tem - .

Nenhum comentário:

Postar um comentário